NOTÍCIAS

Moto Club-MA 0 x 4 Bahia-BA – Tricolor de Aço avança sem sustos na Copa do Brasil

São Luís, MA, 21 (AFI) – Sem qualquer dificuldades, o Bahia-BA confirmou o favoritismo ao vencer o Moto Club-MA, por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Nhozinho Santos, em São Luís, pela primeira fase da Copa do Brasil. O PLACAR FI acompanhou a partida em TEMPO REAL.

O adversário do Bahia na segunda fase sairá do confronto entre Portuguesa Santista-SP e Caxias-RS, que se enfrentarão apenas no dia 28 de fevereiro, às 20h30, no estádio Ulrico Mursa, em Santos.

Além da classificação, o Bahia também garantiu premiação de R$ 1,785 milhão por jogar a próxima fase da competição organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Cauly comemora golaço no Nhozinho Santos.

O JOGO

Com esperado, o Bahia dominou as ações do primeiro tempo e mereceu a vantagem antes do intervalo. Os minutos iniciais foram de adaptação ao péssimo gramado, muito pesado por causa da chuva. Mas naturalmente os baianos encaixaram passes e deram trabalho ao sistema defensivo do Moto Club.

Cauly teve três boas chances com a bola nos pés e foi em cima dele que aconteceu o pênalti aos 39 minutos. O meia recebeu na área, esperou a marcação e acabou derrubado dentro da área. Aos 41, o colombiano Estupiñán chutou forte no canto superior direito e saiu para comemorar com os torcedores.

No segundo tempo, o Bahia deslanchou e aumentou a vantagem. Aos seis minutos, Jean Lucas aproveitou saída errada de bola do Moto Club e chutou forte de fora da área. O goleiro Deijair ainda tentou defender no canto esquerdo, mas não conseguiu. Depois, aos nove, foi a vez de Cauly ‘costurar’ a marcação e finalizar para o terceiro gol.

A vantagem de 3 a 0 fez com que o Bahia ‘rodasse’ o elenco na partida. E mesmo assim o time poderia ter ampliado, quando Caio Alexandre lançou Ademir e ele foi derrubado dentro da área. Aos 34, o mesmo Ademir cobrou e o goleiro Deijair defendeu.

Na sequência, o Moto Club ainda viu o lateral Pablo Alves receber o segundo cartão amarelo e ser expulso de campo, facilitando ainda mais a vida do Bahia. O time baiano ainda fez o quarto gol aos 47, quando Rafael Ratão recebeu livre na área e finalizou forte, cruzado, dando números finais a partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *